Exclusivo: grupo trabalha para terceirização das UTIs do Hugo

Um negócio milionário que envolve as 60 UTIs do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) está em andamento. Um grupo, que já foi envolvido com o escândalo das UTIs que acabou em várias prisões em Goiânia, faz gestão para conseguir a terceirização do serviço no principal hospital público do estado. Tudo ocorre sob os olhares complacentes do secretário de Saúde de Caiado.
O assunto pode terminar no Ministério Público.