Henrique Arantes denuncia: empresa supostamente beneficiada por ex-diretor do Detran foi alvo de ação policial no DF

Em sessão da CCJ da Assembleia Legislativa que ouve o ex-diretor de Atendimento do Detran Carlos Roberto Vital, demitido de forma suspeita pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) semanas depois de ser nomeado, o deputado estadual estadual Henrique Arantes (PTB) afirma que o afrouxamento de regras para credenciamento de empresas prestadoras de serviço no Detran (atribuído a Vital) beneficiou várias empresas cuja idoneidade é duvidosa. Uma delas, segundo Henrique, foi alvo de operação policial no DF porque estaria vendendo carros com placas frias lacradas. 

Vital admitiu que sabia da entrada dessa empresa em Goiás.