Com Caiado e Gracinha, Goiás vira canteiro de obras paradas: são 400 ao todo 

Levantamento apresentado nesta quinta-feira na Assembleia Legislativa revela que há nada menos do que 400 obras paradas em Goiás. A maioria são obras do governo estadual e muitas delas foram interrompidas pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) simplesmente porque haviam sido iniciadas pelo seu antecessor e tinham a marca com a administração de José Eliton (PSDB). Mas há outros casos emblemáticos, como o BRT de Goiânia.