Suspeitos de provocar incêndios na Amazônia são de Palmeiras de Goiás, diz site

Reportagem de Ton Paulo, no site Diário on line, diz que “dois dos suspeitos de provocar derrubada de mata e incêndios na Amazônia, em uma área de proteção ambiental de São Félix do Xingu, são naturais de Palmeiras de Goiás, município a 90 quilômetros de Goiânia. Um deles foi preso na última quinta-feira (29/8), em Goiânia.”
Ele informa que “de acordo com o delegado de Polícia Civil do Pará, Alberto Teixeira, os irmãos Geraldo Daniel de Oliveira e José Brasil de Oliveira possuem propriedades (fazendas) e empresas na região sul do Pará”.
Segundo o site, “o delegado conta que os irmãos goianos contrataram mais de 50 homens para derrubar 20 mil hectares na área de Proteção Ambiental Trunfo do Xingu, em região amazônica, que fica situado as proximidades da Fazenda Ouro Verde. Eles chegaram a derrubar mais de 5 mil hectares e atearam fogo, região que equivale a 6 mil campos de futebol”.
Um dos irmãos, José Brasil, foi preso na quinta-feira em Goiânia, no Setor Oeste. Já seu irmão, Geraldo Daniel, e outro suspeito, identificado como João Batista Rodrigues Jaime, estão foragidos. Eles respondem por danos em área de proteção ambiental, poluição ambiental, queimadas e associação criminosa.