Caiado elege servidor público como inimigo número um

O governador Ronaldo Caiado elegeu o servidor público como inimigo número um.

Depois de atrasar em oito meses a liquidação da folha de dezembro , não honrar o compromisso de pagar o salário dentro do mês trabalhado e demonstrar má vontade em quitar o pagamento mensal, Caiado ainda entrou com ação no STF para reduzir a jornada e diminuir o vencimento dos funcionários efetivos.

Agora, o governador prepara um pacote de maldades para espezinhar ainda mais os servidores: projeto de reforma da previdência estadual e enxugamento da folha que Caiado encomendou ao consultor forasteiro Paulo Hafner vai suprimir direitos adquiridos, tirar vantagens legais, revogar planos de carreira e salários que totalizarão R$ 1,8 bilhão em 10 anos.

A ordem no governo Caiado é ferrar sem dó o servidor público.