AD

“Não sei quanto tempo a universidade irá sobreviver” diz reitor da UFG em assembleia

O site Mais Goiás informa que “em assembleia universitária realizada na tarde desta segunda-feira (23) na Universidade Federal de Goiás (UFG), o reitor Edward Madureira Brasil disse que não sabe precisar “o tempo que a universidade irá sobreviver”. Isso porque o valor que seria destinado às instituições de ensino brasileiras foi bloqueado pelo Governo Federal. Edward afirma que a situação da UFG “se agrava a cada minuto”.
“Nossa dívida com os fornecedores é superior a R$ 21 milhões. Quando um dos serviços essenciais parar de ser fornecido, as atividades na universidade terão que parar. Essa possibilidade é real e só aumenta. As contas de serviços como energia e segurança estão há quase quatro meses atrasadas. Agora tudo depende do desbloqueio do governo. Enquanto os fornecedores aguentarem sem receber, a UFG terá uma sobrevida”, afirma.