Advogado de Taquaral contratado sem licitação por R$ 400 mil pela Goiás Parcerias responde por calote de R$ 60 mil em cliente

O advogado Pauliélio Ataídes da Silva, contratado sem licitação por R$ 400 mil pelo presidente demitido da Goiás Parcerias, Eduardo Macedo, é acusado de dar calote de R$ 60 mil na trabalhadora Comurg, Gleyce Mara Slva, em ação trabalhista movida em Goiânia.

A quantia se referia a indenização trabalhista a que Gleyce tinha direito, mas o valor depositado em conta bancária teria sido indevidamente sacado pelo advogado.