Exclusivo: como conselheiro fiscal da Goiás Parcerias, Pedro Sales aprovou contratação do escritório de advocacia fantasma de Taquaral

Pode sobrar para o presidente-interventor da Codego, Pedro Sales, a batata quente da contratação sem licitação por R$ 400 mil do escritório de advocacia fantasma de Taquaral pela Goiás Parcerias.

É que Pedro Sales integra o Conselho Fiscal da Goiás Parcerias e aprovou a desastrosa e suspetíssima contratação do escritório.

No mínimo, foi negligente diante da irregularidade que culminou com o afastamento da diretoria da estatal.