Humberto Aidar afirma que empresários tentam denegrir imagem da CPI dos Incentivos Fiscais

Durante oitiva com o empresário Alberto Borges, da Caramuru Alimentos, o relator da CPI dos Incentivos Fiscais, deputado Humberto Aidar (MDB) afirmou que a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e a Associação Pró-desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial) tem feito esforço para denegrir a imagem desta CPI, afirmando que Goiás terá o pior Natal dos últimos tempos, com desemprego e saída de indústrias do Estado. “Mas isso em nada afeta nosso trabalho. Essa tática é antiga. O senhor André Rocha, que esteve aqui, chegou a dizer que iria estampar minha cara em outdoor para denegrir minha imagem”, disse.

Aidar afirmou ainda que os deputados membros da CPI não aceitarão retaliações de empresários. “Nossa intenção é terminar a CPI com respeito, mas se continuarem fazendo o que estão fazendo, terei graves denúncias a fazer. E, com provas. Ninguém está acima da lei. Então saibam que estamos preparados para estes desgastes. Seguiremos até o final com respeito e responsabilidade. E para quem está visisitando deputados, está perdendo tempo, pois a CPI é aprovada aqui no Plenário. Vamos aprovar nosso relatório técnico com informações oficiais e enviar a quem de direito”, enfatizou.