Gustavo Mendanha sugere colocar receita da regulamentação de aplicativos no subsídio da tarifa do transporte público

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB) pensa em colocar a cidade colaborando com o subsídio na tarifa do transporte coletivo da Região Metropolitana por meio de repasses oriundos da taxa que passará a ser cobrada das empresas e dos motoristas de transporte de aplicativo no município. A partir do dia 14 de novembro uma taxa de 1% sobre o valor da viagem será cobrado dos motoristas que utilizam ferramentas como Uber, 99Pop, entre outros.