Médica goiana responsável por Caiado é a mesma que avaliou saúde de Bolsonaro pós facada

A cardiologista Dr. Ludhmila Abrahão Hajjar, que está cuidando do caso do governador Ronaldo Caiado (DEM), foi uma das médicas responsáveis pela avaliação do quadro de saúde do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) após o político levar uma facada em setembro de 2018, durante a campanha para a Presidência. A informação é do site Diaonline. Ela é goiana de Anápolis.