Encontro da Adial em Goianésia vira palanque anticaiado. “Empresário goiano está sendo tratado como bandido em Goiás”, denuncia presidente de sindicato

Como o G24H previu, o movimento em defesa do emprego criado pela Adial se transformou num grande palanque comandado por Otavinho Lage contra Caiado. Em Goianésia, por exemplo, Reginaldo José de Faria, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Anápolis (SindiMetana), denunciou que ‘o empresário goiano, que gera empregos, está sendo tratado como bandido em Goiás”.