Relator da venda de 49% da Saneago, Major Araújo rejeita proposta que obrigava que dinheiro fosse revertido em obras de saneamento

Relator do projeto de lei do governador Ronaldo Caiado (DEM) que entrega 49% da Saneago para iniciativa privada, o deputado estadual Major Araújo (PSL) – que foi contra a venda da Celg – manifestou-se favorável à proposta. Mais do que isso: Major rejeitou a sugestão da deputada Lêda Borges (PSDB) que determinava a aplicação da integralidade dos recursos da transação em obras de saneamento básico. A emenda de Lêda rejeitada por Major dizia também que o governo poderia vender apenas 25% da Saneago.