Lêda insiste para que Caiado não use dinheiro da venda da Saneago para bancar comissionados

Na tribuna da Assembleia Legislativa, a deputada Lêda Borges (PSDB) insistiu para o governador Ronaldo Caiado (DEM) seja proibido de usar o dinheiro da venda de 49% da Saneago – prestes a acontecer – para bancar comissionados e arcar com outras despesas de custeio. A proposta da parlamentar que garantia 100% dos recursos da venda para obras de saneamento foi rejeitada pelo relator do projeto na Assembleia, Major Araújo.