Diante do desmonte do HDT, deputado Gustavo Sebba faz visita técnica ao hospital

O presidente da Comissão de Saúde e Promoção Social da Assembleia Legislativa, deputado Gustavo Sebba (PSDB), fez uma visita técnica, na manhã desta quinta-feira, 31, ao Hospital de Doenças Tropicais (HDT), com o objetivo de averiguar a situação de funcionamento daquela unidade de saúde, quanto ao atendimento à população, além de ouvir médicos sobre a situação funcional.

Ao chegar à unidade, o deputado foi recebido pelo diretor-geral, Roger Moreira, e pela diretora técnica Letícia Aires. Em seguida, foi realizada uma reunião com médicos da unidade, da qual participou Fernando Lemes de Jesus, representante do secretário da Saúde, Ismael Alexandrino.

Roger Moreira expôs a Sebba que faltam alguns equipamentos importantes para o hospital, como tomógrafo, broncoscópio, endoscópio e colonoscópio. Ele também falou a respeito da regulação das vagas, informando que muitas vezes deixa alguns setores do HDT com vagas ociosas, como a pediatria, por exemplo.

“A Comissão de Saúde tem o papel de fiscalizar o Governo, no que tange a questão da saúde. Tenho um carinho especial por este hospital, já que fiz minha residência médica nessa unidade. Sei da importância que ele tem para com o povo goiano”, destacou Gustavo Sebba. Para ele, alguns dos problemas constatados no HDT podem ser resolvidos pela Secretaria de Saúde, de forma simples. “Este hospital é uma referência não apenas em Goiás, mas no País. Infelizmente, ele passa por algumas dificuldades de estrutura e de ordem financeira. O governo tem que olhar melhor para o HDT, porque ele tem uma capacidade muito grande e tem como produzir mais do que já produz”, analisou o parlamentar.

O diretor do HDT disse esperar que a Comissão de Saúde da Alego trabalhe em conjunto com a Secretaria de Saúde, para que mais recursos sejam carreados ao hospital, para o pagamento de uma dívida estimada em R$ 20 milhões.

“Tivemos uma boa reunião com o deputado, para que trabalhemos junto com a Secretaria da Saúde, no sentido de destinar recursos do hospital”, pontuou Roger Moreira. Ele confirmou que há uma baixa demanda na área de pediatria e defendeu a ampliação dos serviços para que o HDT possa receber mais pacientes. Após a reunião, Gustavo Sebba visitou as dependências do hospital.

O HDT

O Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), desde julho de 2012, é gerido pela organização social Instituto Sócrates Guanaes (ISG). A unidade é referência no atendimento eletivo e de emergência de média e alta complexidade em infectologia e dermatologia sanitária, para doenças infecciosas e dermatológicas como HIV/Aids, tuberculose, meningite, hepatite, tétano, acidentes ofídicos, entre outros.

Foi fundado em 1977, em virtude de uma epidemia de doenças meningocócicas em Goiás, no período de 1972 a 1976, e possui a certificação da Organização Nacional de Acreditação (ONA).