Schmidt diz que pacote contra o servidor, com o fim do quinquênio, é fundamental para finanças do Estado

A secretária estadual de Economia, Cristiane Schmidt, afirmou há pouco, na Assembleia Legislativa, que as medidas que ela tomou desde janeiro para equilibrar as contas do governo foram insuficientes. Por isso, disse ela, é importante aprovar o pacote de maldades que Caiado enviou para os deputados. O pacote aumenta a contribuição previdenciária de 14,5% para 22,5% e acaba com os quinquênios.