Asmego critica Caiado por não discutir PEC da reforma da Previdência

O presidente da Associação dos Magistrados de Goiás (Asmego), Wilton Muller, criticou em entrevista à Sagres 730, nesta quinta-feira (14) o governo Caiado por não ter discutido a proposta de emenda constitucional (PEC) da reforma da previdência estadual, que foi lida no plenário da Assembleia Legislativa na quarta-feira. O governador Ronaldo Caiado apresentou a PEC em reunião com deputados estaduais, federais, e representantes dos demais poderes em reunião em 17 de outubro.