CEB anuncia plano para enfrentar quedas de energia no DF. Em Goiás, Enel não age

A Companhia Energética de Brasília (CEB) prepara um plano de ação para evitar as quedas de energia, frequentes nestes períodos de fortes chuvas no Distrito Federal. Os temporais dos últimos dias, com árvores caídas sobre fiações elétricas, deixaram diversas áreas no escuro. O problema fez com que o Governo do Distrito Federal (GDF) mobilizasse secretarias e órgãos públicos nesta quinta-feira (26), no Palácio do Buriti, para traçar estratégias de mobilização neste final de ano e início de 2020.

A estatal estabeleceu um protocolo de prioridades, principalmente de ações preventivas. Um diagnóstico detectou os pontos mais críticos de falta de energia. Ceilândia e Asa Norte, por exemplo, principais áreas afetadas por incêndios em 2019, receberão transformadores novos. Os danificados datavam de 1971. Junto a outros dois equipamentos que serão utilizados de acordo com a demanda, a companhia investiu R$ 8 milhões.