Estadão diz que TJ-GO reajustou vale-refeição três vezes acima da inflação acumulada

Na reportagem publicada pelo Estadão sobre o vale-refeição pago aos magistrados, que em 24 estados é maior que o salário mínimo, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) é citado por reajustar o benefício três vezes acima da inflação acumulada.

Leia o trecho da reportagem em que o TJ-GO é citado:

“Em Goiás, Estado que enfrenta grave crise financeira e tenta acessar o programa de socorro federal, o Tribunal de Justiça aumentou em fevereiro o valor do vale-refeição de R$ 1 mil para R$ 1.160 mensais. O órgão informou que a alta de 16% se trata de um ‘pequeno reajuste’ para ‘correção dos índices inflacionários do período’. O aumento anterior havia sido concedido em outubro de 2017. De lá até o início deste ano, a inflação acumulada foi de 5,72%.”