Briga entre Mabel e Caiado vai parar no The Guardian, principal jornal da Inglaterra

O bate-boca entre o governador Ronaldo Caiado e o presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, ganhou dimensão intercontinental e foi parar no The Guardian, o mais prestigioso jornal britânico.

O Guardian registra que Mabel criticou Caiado por aceitar que ocorresse, em Anápolis, a quarentena de brasileiros que estavam em Wuhan quando começou o surto de coronavírus. O governador – que o jornal chama de “aliado leal do presidente Bolsonaro – revidou chamando Mabel de “desumano”.

Em tempo: a reportagem amenizou as diatribes de Caiado, que também qualificou o presidente da Fieg como “canalha” e “mercenário”. Clique aqui para ver o texto do Guardian.