Jornal Opção: números do feminicídio crescem e assustam em Goiás

Ao contrário dos indicadores de criminalidade no Estado, que, como divulgado no fim de 2019 pelo governo, por meio da Secretaria de Segurança Pública, teriam diminuído, o número de feminicídios seguiu na mão inversa: de 36 casos registrados em 2018, para 40 – uma alta de mais de 11%.

Em 2020, o número  assassinato de  mulheres já registrados continua nas alturas.

As sucessivas mortes de mulheres, como a da gerente de hipermercado em Bela Vista, Fernanda Souza Silva, de 33 anos, engrossam as estatísticas da violência em Goiás.

Leia a íntegra da reportagem do Jornal Opção: