Arcebispo de Goiânia recomenda fiéis a não rezarem com mãos dadas nas missas

O Arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz, encaminhou comunicado aos padres, presbíteros e ministros da Eucaristia epessoas que comandam a igreja católica em Goiânia e em outras 26 cidades do estado, com recomendações de prevenção ao contágio do coronavírus, que devem ser adotadas nas missas e celebrações.

As medidas prevêem que os celebradores não convidem os fiéis ao “abraço da paz” antes da comunhão.

A Oração do Pai-Nosso também não deve ser feita de mãos dadas e a comunhão deve ser distribuída nas mãos, já que o vírus é transmitido pelo contato e pela saliva.

A orientação sugere no lugar do “abraço da paz” um ato de ajuda ao próximo. “Em vez de dar as mãos no momento do Pai-Nosso, seja incentivada a solidariedade humana”, diz o documento.