Médico, Caiado é vaiado ao enfrentar manifestantes bolsonaristas, repercute site Congresso em Foco

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), foi hostilizado por manifestantes pró-Bolsonaro que foram às ruas de Goiânia neste domingo, inforoi o site Congresso em Foco.

Médico e aliado do presidente Jair Bolsonaro, Caiado foi xingado por bolsonaristas ao tentar impedir a realização da manifestação, na Praça Cívica, em Goiânia, em decorrência do novo coronavírus. “Vocês vão estar chorando na porta do palácio, este que é um absurdo. O que vocês precisam de ter é seriedade. Não se mostra apoio ao governo colocando em risco a sua população”, afirmou o governador.

Debaixo de um guarda-chuva, Caiado foi aplaudido quando disse que sempre enfrentou a esquerda e que era um dos poucos a apoiarem Bolsonaro. Mas começou a ser xingado e vaiado quando afirmou que estava ali para cumprir um decreto assinado por ele que impedia a aglomeração de pessoas no estado como forma de impedir o avanço do coronavírus. Há quatro casos de covid-19 confirmados em Goiás.