Talles Barreto critica decreto do governador que trata da quarentena

Durante pronunciamento no Pequeno Expediente da sessão ordinária remota, o deputado Talles Barreto (PSDB) questionou o decreto publicado no último dia 19 pelo governador Ronaldo Caiado. Segundo ele, o documento, que trata da liberação de atividades durante a quarententa, apresenta muitas incoerências e tem que ser revisto.Talles comentou que os comerciantes da Rua 44 estão desesperados e estão sendo tratados como delinquentes, pois não podem exercer suas atividades nem no sistema delivery. Ele defende a retomada gradual da atividade econômica, com medidas que atenuem os riscos para a população. “Alguns aspectos não foram vistos com muito equilíbrio. A saúde econômica também é importante. Há muitas pessoas desesperadas. Em vez de ganhar cestas básicas, elas querem voltar a ganhar dinheiro com seu trabalho”, salientou.

Para Talles seria melhor que as igrejas fossem autorizadas a funcionar todos os dias, e não apenas uma vez por semana, pois assim seria menor o risco de ocorrer aglomerações.

O parlamentar criticou também a prefeitura, que, em sua opinião, se mantém omissa em relação a medidas contra a pandemia do corona vírus.