Iris diz que por enquanto não tomará medidas complementares ao decreto de Caiado

A prefeitura de Goiânia emitiu uma nota técnica, nesta quarta-feira (22), em que reafirma que seguirá o decreto emitido pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) no último dia 20, acerca das flexibilizações relacionados à quarentena do novo coronavírus.

“Não haverá, por enquanto, edição de ato complementar, o que importa dizer que a fiscalização e consequente ação dos órgãos/entidades municipais se darão nos estritos termos do estabelecido pelo governo do Estado de Goiás.”

Segundo a nota, assinada pelo secretário municipal de Governo e presidente do Gabinete de Gestão de Crise Covid-19, Paulo Ortegal, o colegiado orientou o prefeito Iris Rezende (MDB) “no sentido de aderir a todas as normativas do decreto estadual”.