Reportagem assinada por Fabiana Pulcineli no Popular repercute denúncia do Goiás24horas sobre compra milionário do Ipasgo

O jornal O Popular repercutiu nsta sexta-feira (24), em reportagem assinada pela jornalista Fabiana Pulcineli, denúncia publicada na quarta-feira (22) pelo Goiás24Horas sobre compra de software por R$ 125 milhões pelo Ipasgo em plena crise do coronavírus.

A compra do software foi  autorizada pelo governador Ronaldo Caiado, apesar do contigenciamento das despesas do governo de Goiás em razão da pandemia da covid-1, quando se cogita cortar até mesmo o salário do servidor público estadual.

No contrato de compra do software, estão previstos serviços de apoio operacional à autogestão do instituto, com disponibilização de software com ferramentas gerenciais , táticas e operacionais para gestão do Sistema de Assistência à Saúde, além de serviço de consultoria e implantação de serviço.

É bom lembrar que no ano passado o serviço de TI do Ipasgo foi alvo de operação policial, que apura denúncia de fraudes que somam mais de R$ 500 milhões.

A despesa de R$ 125 milhões autorizada por Caiado consta do Edital de Pregão Eletrônico número 007/2020 previsto para o próximo dia 30.

O Ipasgo alega que a compra do software vai gerar economia de R$ 300 milhões, mas isso não faz sentido no momento que todos os recursos estaduais estão direcionados para o enfrentamento da crise. Ou seja, a compra do software pode vir para depois para ser coerente com o discurso do próprio governo goiano./

Confira o edital:

http://www.comprasnet.go.gov.br/editais/PE007-2020_18_46538/EDITAL%20PE%20007-2020%20SISTEMA%20AUTOGESTÃO.pdf