Jornal Opção: apoio de Lissauer vai decidir eleiçao do próximo prefeito de Rio Verde

Rio Verde assistirá na eleição municipal deste ano uma disputa entre o criador e a criatura. Paulo do Vale atuava como médico no município quando foi convidado para ser secretário de Saúde pelo então prefeito Juraci Martins (PSD). Ali nascia o político Paulo do Vale, que, em 2016, foi eleito prefeito do município.

No próximo pleito, o prefeito Paulo do Vale, hoje filiado ao DEM, vai disputar a reeleição contra seu criador, o ex-prefeito Juraci Martins. Os dois são médicos.

Aliados do líder do Democratas acreditam que Paulo do Vale será vitorioso, pois, na opinião deles, cristalizou a imagem de gestor “eficiente”. “Paulo é visto como um gestor duro, até mal educado, mas é avaliado como um político que trabalha, apresenta resultados e paga as contas da prefeitura em dia”, afirma um aliado.

Mas aliados de Juraci Martins acreditam que o ex-prefeito está fazendo a coisa certa — abrindo diálogo com todos os segmentos de Rio Verde e apontando novos caminhos para o desenvolvimento de Rio Verde. “Juraci Martins é um político humilde, democrático e agregador. Paulo vai ter uma surpresa, pois, quando perceber, os eleitores terão escolhido Juraci para prefeito de Rio Verde. Ele é uma das principais apostas do PSD em Goiás”, afirma o presidente estadual do partido, ex-deputado federal Vilmar Rocha. “Juraci organizou uma frente política, com o apoio do MDB, que, de cara, viabilizou sua candidatura”, diz o ex-parlamentar.

Analistas da política de Rio Verde apostam que Juraci Martins (ou Paulo do Vale) pode ganhar por um “beicinho” de pulga. O que querem dizer é que a eleição será muito disputada. Portanto, aquele que contar com mais apoio pode vencer. Por isso há quem postule que o elemento definidor da eleição será o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSB).

O deputado estadual é outra “criatura” de Juraci Martins. Mas há dúvida a respeito de quem apoiará para prefeito de Rio Verde. “Pelo coração, Lissauer Vieira ficaria com Juraci Martins. Mas, pela razão, pode acabar irmanando-se com Paulo do Vale”, afirma um ex-deputado. Lissauer Vieira pretende disputar mandato de deputado federal em 2022. Aposta que, se tiver o apoio do prefeito do município, é meio caminho andado para ser eleito. Paulo do Vale teria se antecipado e dito a Lissauer Vieira que o bancará para a Câmara dos Deputados. Juraci Martins e até o MDB local também asseguram que, dependendo de sua posição em 2020, poderão apoiá-lo.

Numa conversa com um repórter do Jornal Opção, no restaurante Saccaria, na presença do deputado Talles Barreto, Lissauer Vieira disse que a tendência é apoiar Juraci Martins. Porém, depois dessa conversa, circulou a informação de que o deputado vai bancar o empresário Ângelo Landim para vice de Paulo do Vale. Num encontro com integrantes do PSD, no Restaurante Porto Cave, no Setor Marista, Lissauer Vieira teria dito que, no momento oportuno, anunciará apoio a Juraci Martins.

Portanto, o apoio de Lissauer Vieira permanece uma incógnita. O candidato para o qual pender, com sua estrutura cada vez mais forte, tende a ser eleito. O fato de que o MDB já teria garantido a vice de Juraci Martins — para o médico Osvaldo Fonseca Júnior — não teria agradado o presidente da Assembleia.