Novo decreto de Caiado vai permitir abertura somente de setores de alimentação e de saúde

O governador Ronaldo Caiado confirmou nesta terça-feira (12), em entrevista à Sagres 730, que novo decreto vai restringir o funcionamento das atividades econômicas apenas aos setores de saúde e de alimentação.
O decreto deve publicado na quarta-feira (13) e não será extensivo a todo o Estado, mas valerá para regiões onde há mais casos da covid-19, como a Grande Goiânia, o Entorno do Distrito Federal e cidades localizadas ao longo das BRs, caso de Professor Jamil.
De acordo com o governador, as novas restrições devem durar por pelo menos mais 15 dias. Caiado está preocupado com o crescimento dos casos de contaminação, que até esta segunda-feira eram 1,1 mil em Goiás, com 49 óbitos, aumento da ocupação de leitos, e com a redução da taxa de isolamento social. O estado Goiás registrou isolamento de 37%.