Pedro Sales toma as dores de Caiado, rebate Cileide Alves e ataca imprensa em Goiás: “Não existiu jornalismo investigativo no estado nos últimos 20 anos”

Em texto publicado na edição do Popular desta segunda-feira (1°), o presidente da Goinfra e articulista bissexto, Pedro Sales, perpetrou algumas mal traçadas linhas para responder a jornalista Cileide Alves, que no sábado (30) estampou no mesmo jornal artigo com críticas ao governador Rinaldo Caiado (DEM) intitulado “Nem rouba nem faz”.

Ao rebater Cileide, Pedro Sales atacou toda a imprensa de Goiás, acusada por ele de ter permanecido em silêncio durante 20 anos.  Apontando supostas irregularidades do governo passado – que, aliás, nunca foram provadas pelo governo Caiado -, o enfant terrible do caiadismo pergunta: “Não existia jornalismo investigativo no Estado? Ou é mais fácil ficar sentado atrás de um computador?”

O curioso é que Pedro Sales ataca a imprensa nas páginas do principal jornal de Goiás, numa tentativa de desmoralizar, por tabela, o também o jornalismo praticado pelo veículo nas derradeiras duas décadas.

Em vez de posar de ombudsman da im0rensa goiana e ficar “escrevendo” textos pobres tanto na firma como no conteúdo, Pedro Sales deveria ocupar melhor o tempo e ir trabalhar, notadamente para tapar a buraqueira que toma conta das rodovias de Goiás.