Gustavo Sebba quer investigação célere para apurar denúncias de grampo e corrupção na SSP

O deputado Gustavo Sebba (PSDB) defendeu nesta terça-feira (9) celeridade na instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar denúncias corrupção e escutas ilegais atribuídas ao secretário de Segurança Pública. Rodney Miranda. Ele criticou o governador Ronaldo Caiado por ter se manifestado sobre o áudio-bomba de Joege Caiado.

“Não posso ficar calado assistindo, no meio dessa crise sanitária e política, o governo de Goiás roubar a cena com seus escândalos. Jorge Caiado xinga o secretário e o acusa de desviar R$ 1 milhão do Corpo de Bombeiros, e o que vemos é o governador jogando a sujeira debaixo do tapete. Não estamos na Venezuela ou Coreia do Norte e o governador precisa vir a público explicar essa situação”, cobrou.

Sebba acredita que as investigações da Polícia Civil precisam averiguar a legalidade dos grampos e até o alcance que teve no meio político goiano. “Se o grampo foi legal a família de Caiado está envolvida em irregularidade e isso é grave, mas, se foi ilegal, é mais grave ainda, pois estaria partindo do homem que comanda a Polícia de Goiás. O governador foi negligente ao nomear um forasteiro para grampear todo mundo, inclusive parlamentares da base aliada”, cravou..