Morre o arquiteto e compositor goiano Tavinho Daher, o dono das frases geniais

A cultura goiana está de luto.

Morreu o arqiteto e compositor Otávio Monteiro Daher, o Tavinho Daher.

Tavinho trabalhou no antigo Indur e foi sócio do bar Dom Quixote, um dos points mais movimentados de Goiânia nos anos 80, na Praça Tamandaré.

Mestre das palavras e exímio letrista, foi parceiro de Ivan Lins, João Caetano, Marcelo Barra, Gustavo Veiga, entre outros.

Ultimamente, dividia o tempo entre Goiânia e a Cidade de Goiás.

O jornalista e também compositor Carlos Brandão publicou texto nas redes sociais sobre Tavinho:

”Recebi uma notícia que posso classificar como a notícia mais vagabunda e doída desses últimos tempos: a morte do melhor letrista dessa terra, o genial Otávio Daher.

Cara, esse sim era um mestre.
Penso que nós, que temos essa mesma função na arte, trabalhar com as palavras, dando vocabulário às melodias dos nossos parceiros melodistas, temos que reconhecer: esse foi o cara.
O dono das frases geniais.
Ninguém errou, Tavin.
A vida é que se enganou.
Obrigado por me ensinar a ser um letrista melhor.
Grato mesmo!
Carlos Brandão”