Prefeito pode estar fora da disputa eleitoral em Formosa

O atual prefeito de Formosa, Gustavo Marques, corre o risco de não poder concorrer à reeleição, pela ausência de filiação partidária em tempo hábil. A informação é do jornalista Divino Olávio na coluna Notícia Pura, no Diário Central.

Constaria no Tribunal Regional Eleitoral, conforme informou o próprio prefeito, que ele teria solicitado a desfiliação do Podemos em 2019, partido ao qual é (ou era) filiado desde 2018.

Ouvido por Notícia Pura nesta terça-feira (14), Gustavo Marques  nega que tenha feito tal solicitação. Questionado sobre quem poderia ter solicitado em seu nome sua desfiliação do partido, Marques disse não ter a menor ideia de quem seja. “Mas deve ter sido algum engraçadinho”, arriscou.

O prefeito disse que já tomou providências junto à Justiça Eleitoral pedindo reconsideração da informação que consta na lista de filiados, já que não existe nenhum documento constando que ele tenha pedido de desfiliação. Confiante de que o mal-entendido será desfeito em breve, Gustavo Marques garante: “Sou candidatíssimo”.