AD

Polícia já tem suspeito de matar menino Danilo Sousa em Goiânia

A Polícia Civil movimentou uma força-tarefa com 20 policiais para solucionar o caso da morte de Danilo Sousa, que aconteceu em Goiânia. A corporação informou que já trabalha com uma pessoa considerada suspeita, mas não deu detalhes sobre a identidade do investigado.

Danilo sumiu no último dia 21 de julho, ao sair para ir à casa da avó. O corpo da criança foi encontrado na noite dessa segunda-feira, 27, de bruços em um lamaçal a cerca de 100 metros da casa dela.

Os agentes estiveram no Parque Santa Rita, onde o corpo do garoto foi encontrado. Os investigadores estão coletando relato de várias pessoas que têm relação com o caso, parentes e possíveis testemunhas, entre outros. A investigação segue em sigilo.