Ministério Público aciona prefeito de Corumbá de Goiás

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ajuizou ação civil pública contra o prefeito de Corumbá de Goiás, Célio Fleury (PSDB) e outras nove pessoas, por supostas irregularidades em um contrato firmado entre a prefeitura e o dirigente de uma empresa instalada em uma área pública do município. O prejuízo aos cofres públicos pode ultrapassar R$ 1 milhão.

Foram acionados pelo MP, Celio Fleury, Cesar Leite da Conceição, Cleber Jose de Andrade Telles, Francisco Igor Afonso Siqueira, Vinicius Santana Araujo, Edilson Ribeiro da Silva, Ismael Moreira de Godoi, Edson Antonio Trebeschi, Vander Jose Luciano, Cleiton Alves De Oliveira, além do município de Corumbá de Goiás e a Câmara Municipal de Corumbá de Goiás.