Ex-presidente da Juceg, Rafael Lousa é preso pela PF em Goiânia

O ex-presidente da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), Rafael Lousa, foi detido pela Operação Dardanários, desdobramento da Lava Jato, em Goiânia, na manhã desta quinta-feira (6).

A ação também teve como alvo o secretário de Transportes Metropolitanos de do Estado de São Paulo, o ex-deputado federal por Goiás, Alexandre Baldy (PP).

Rafael Lousa pediu exoneração da Junta Comercial em 2018 para concorrer a deputado estadual.

Operação apura desvios na Saúde e teve mandados expedidos pelo juiz Marcelo Bretas.