Nova rodada do Grupom também mostra Maguito e Vanderlan empatados

Veja matéria do Jornal Opção:

Nova pesquisa eleitoral do Instituto Grupom sobre o cenário eleitoral em Goiânia foi divulgada nesta segunda-feira, 9, e reforça resultado do levantamento anterior, em que os candidatos Vanderlan Cardoso (PSD) e Maguito Vilela (MDB) aparecem tecnicamente empatados dentro da margem de erro de 4,1%. Se as eleições fossem realizadas hoje, Vanderlan teria 26% dos votos. Já Maguito Vilela aparece no levantamento com 23,2% e Adriana Accorsi com 11,4% das intenções de votos. Outros 6% não souberam ou não avaliaram e 9,5% declararam que votariam branco ou nulo.

No levantamento anterior, Vanderlan registrou 25,4% dos votos. Já Maguito Vilela tinha 21,4% e Adriana Accorsi aparecia com 10,3% das intenções de votos. Outros 6,3% não souberam ou não avaliaram e 11,9% declararam que votariam branco ou nulo.

Espontânea
Na pesquisa espontânea, Vanderlan Cardoso aparece com 22,6% das intenções votos, seguido por Maguito Vilela com 20,2% e Adriana Accorsi aparece em terceiro lugar com 7,8%. Outros 20,7% não souberam ou não avaliaram e 12,6% declararam que votariam branco ou nulo.

Na pesquisa anterior, Vanderlan Cardoso registrou 22,4% das intenções votos; Maguito Vilela aparecia com 18,7% e Adriana Accorsi tinha 8,1%. Outros 26,2% não souberam ou não avaliaram e 12,6% declararam que votariam branco ou nulo.

O Instituto Grupom perguntou aos eleitores sobre a possibilidade de mudança do voto e 15,9% responderam que estão firmes e decididos com candidato escolhido. Já 60% dos entrevistados disseram que tem um segundo nome para mudar o voto. Outros 14,6% não souberam ou não avaliaram e 9,5 % votariam branco ou nulo.

Rejeição
O Grupom também fez o levantamento estimulado de quem o eleitor não votaria na disputa eleitoral deste ano. Antônio Vieira Neto (PCB) lidera com 18,6%; seguido por Gustavo Gayer (DC) com 17,6% e Dra. Cristina (PL) que registra 14,6%.

O candidato Vanderlan Cardoso aparece em 4º lugar com 11,3% de rejeição; Maguito aparece em 7º com 8,8%; e Adriana figura na 13º com 5,6% de rejeição. Enquanto isso, 24% dos entrevistados afirmaram que podem votar em qualquer um dos nomes apresentados e 10% não votariam em nenhum dos candidatos.

2º Turno
Em um possível segundo turno entre Vanderlan Cardoso e Maguito Vilela, 41,8% dos entrevistados afirmaram que votariam em Vanderlan, enquanto Maguito seria o escolhido de 39,3%. Já 5,3% não avaliaram ou estão indecisos e 13,6% votariam branco ou nulo.

Na possibilidade de haver 2º turno entre Vanderlan Cardoso e Adriana Accorsi, 41,8% dos entrevistados votariam no candidato do PSD, enquanto 39,3% votariam na petista. Outros 5,3% não avaliaram ou estão indecisos e 13,6% votariam branco ou nulo.

Propostas
A pesquisa também perguntou quais propostas, entre as apresentadas, mais interessam ao eleitor para melhorar a sua vida e a de seus familiares. veja o resultado:

Facilitar a abertura de empresas (34%)

Criar escolas profissionalizantes e técnicas (32,3%)

Dar incentivos fiscais para as empresas de Goiânia contratarem (15,4%)

Dar uma bolsa de estudo (12,6%)

5,6% preferiram não avaliar

O levantamento foi realizado entre os dias 3 e 7 de novembro e ouviu 603 pessoas. O índice de confiança é de 95%. Registros da Pesquisa: Protocolo nº – GO-04086/2020