PEC que cria a Polícia Penal é aprovada em segunda e última votação

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que cria a Polícia Penal no Estado de Goiás foi aprovada hoje, 28, por unanimidade.
O deputado estadual Delegado Eduardo Prado foi o primeiro a apresentar a PEC na Assembleia Legislativa. Posteriormente, sua proposta foi apensada a do governo.
Juntamente com o presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal do Estado de Goiás (SINSEP-GO), Maxsuell Miranda, Eduardo Prado cobrou celeridade na aprovação da matéria, inclusive foi homenageado pela categoria. Também lutou pela retirada da emenda que congelava progressões dos servidores – colocada como emenda jabuti na proposta.
Para Prado, com a adequação da carreira dos policiais penais o sistema prisional goiano será mais seguro, evitando escândalos mostrados nacionalmente, como refino de drogas dentro das celas e crimes praticados por presos. “O respeito à polícia penal é a valorização da Segurança Pública do estado”, defende.
A proposta agora segue para assinatura do presidente da Casa. Depois, será publicada no Diário Oficial da Assembleia e, por último, no Diário Oficial do Estado.