Rádio debocha de Friboi: com bilhões do BNDES, até jeca-tatu vira Eike Batista

“Em Goiás, divulga-se que foi Júnior [Friboi] o responsável pela ascensão do grupo que começou com um açougue em Luziânia e hoje é o maior do planeta no comércio de carne. Para o restante do Brasil e do mundo, Júnior é apenas o irmão do Joesley, comandante da multinacional. Com bilhões do BNDES e boa vontade federal, até jeca-tatu vira Eike Batista”.

O trecho faz parte do editorial publicado na manhã de hoje do portal da Rádio 730. O texto faz uma abordagem precisa e brilhante sobre a intrínseca relação entre a boa vontade do governo federal com os negócios da família Batista e a decisão de Júnior de se filiar ao PMDB.

O editorial é claro: “a bondade tem mão dupla”.