Essa é a imagem de fica: estudantes em protesto contra ingerência de um mau prefeito

Dezenas ou centenas de estudantes da Universidade Federal de Goiás (UFG) lotaram as galerias da Câmara Municipal de Goiânia para tentar impedir a aprovação do projeto que afrouxou o Plano Diretor de Goiânia. Estava em jogo o futuro da Capital e qualquer chance de nos tornarmos uma cidade sustentável nas próximas décadas ou séculos. Perdemos a batalha, porque as alterações foram aprovadas e sancionadas pelo prefeito Paulo Garcia (PT). Mas não a guerra: ainda é possível reverter a aprovação com a coleta de assinaturas para um projeto de lei de iniciativa popular.

A guerra não acabou. E para que políticos insensíveis e submissos ao poder econômico lembrem-se sempre disso, fica a imagem dos estudantes em protesto na Câmara. Cedo ou tarde, maus prefeitos sucumbem à força do protesto.