Proposta de Caiado não agrada: vereador Cabo Senna, que é presidente da Unimil, dá todos os detalhes da reunião

O vereador Cabo Senna participou da reunião das entidades e sindicatos com o secretário Ernesto Roller. Senna, que também é presidente da União dos Militares de Goiás (Unimil), explica que a proposta de Caiado não agrada aos servidores, que querem o pagamento de dezembro em, no máximo, duas parcelas e quitado até o final de fevereiro.

Exclusivo: Major Araújo queria pagamento escalonado em 6 etapas, mas recuou após pressão de sindicatos e servidores

A reunião desta noite foi tensa. E o Goiás 24Horas apurou mais uma de forma exclusiva. Ao longo da negociação, o deputado estadual caiadista Major Araújo meio que insinuou concordar com a proposta do governo de escalonar o salário de dezembro em seis etapas. A grande maioria das lideranças de outros sindicatos e policiais não concordou com a proposta do governo e pressionou Araújo. A grande maioria das lideranças de outros sindicatos e policiais não concordou com a proposta do governo e pressionou Araújo. Acuado, o Major então refluiu, ficou calado e acompanhou a maioria.

Clima é tenso: presidentes de sindicatos e associações já estão no auditório da Sefaz para reunião com Caiado

O auditório da Sefaz começa a encher com servidores, presidentes de sindicatos e associações e demais lideranças que desejam saber quando o governador Caiado vai pagar o salário de dezembro. O clima não é nada bom porque a supersecretária Cristiane Schmidt afirmou que pretende começar a quitar o salário só em março e ainda parcelado.

Eu tenho a força: supersecretária se coloca acima da Justiça e zomba das liminares determinando pagamento do salários de dezembro

A supersecretária carioca da Economia de Ronaldo Caiado, Cristiane Schmidt, incluiu o Poder Judiciário na queda-de-braço com os servidores estaduais para ver quem tem mais força no embate envolvendo o pagamento da folha de dezembro. Nas entrevistas concedidas à imprensa nesta quinta-feira (17) – aliás, a única coisa que ela parece fazer–, ela zombou da Justiça ao afirmar que não cumprirá as liminares determinando o pagamento dos salários porque “não há dinheiro em caixa”.

Prédio da Segplan, no Setor Oeste, está um caos: falta limpeza, água de beber e até papel higiênico

A denúncia é dos servidores: o prédio da Segplan, na avenida República do Líbano, no Setor Oeste, está um caos. Tem 15 dias que a empresa contratada não limpa o prédio. Não tem água de beber, café e papel higiênico. Os funcionários estão tendo que fazer vaquinha para acudir estas necessidades básicas.

Governo manda Polícia, que também está sem receber, ficar de prontidão na frente do Palácio para inibir protesto de professores contra o calote

Policiais militares fortemente armados e viaturas da PM ficaram de prontidão na frente do PPLT durante o protesto de professores e servidores contra o calote pelo governo Caiado do salário do funcionalismo do mês de dezembro. Os manifestantes consideraram a medida um ato de intimidação.

Enquanto professores protestam nas ruas, diretoras do Sintego e secretária aparecem sorridentes em reunião

Enquanto centenas de professores gritavam contra Caiado nas ruas do Centro de Goiânia, a secretária de Educação, Fátima Gavioli, recebia toda sorridente, em seu gabinete, a diretoria do Sintego, o sindicato que mais desgasta com sua classe em todo o Brasil. Na foto divulgada pela Seduce, Fátima e as sinteguistas Bia de Lima e Iêda Leal estão rindo. Resta saber de quê?

Quase 300 alunos não sabem onde vão estudar a partir do dia 21 porque Caiado e secretária decidiram fechar o IEG

Os quase 300 alunos do IEG não sabem onde vão estudar a partir do próximo dia 21. O colégio agora vai abrigar a estrutura administrativa da Seduce porque o governo de Caiado decidiu cortar gastos. Os estudantes estão revoltados com tamanha truculência do novo governo, que sequer avisou previamente sobre a mudança para o IEG.

No intervalo das reuniões da missão do governo federal em Goiânia, Ana Carla curte o J Pereira

A ex-secretária e economista Ana Carla Abrão está em Goiânia para as reuniões da missão do governo federal com a Sefaz. Tudo para resolver se Goiás entra ou não no Regime de Recuperação Fiscal. Em suas redes sociais, a filha de Lúcia Vânia postou foto sorridente no J Pereira, da rua 55, no Centro. Ana Carla, que vive em São Paulo e pode estar recebendo pela consultoria tem motivos para rir à toa. Enquanto isso, o servidor estadual ainda não recebeu dezembro.

Supersecretária foge de assembleia geral de servidores e sai pela porta dos fundos, em carro descaracterizado

A supersecretária carioca Cristiane Schmidt (Fazenda) literalmente fugiu nesta segunda-feira (14) da assembleia geral dos funcionários públicos que definiu o posicionamento do Fórum de Entidades de Servidores no enfrentamento do calote que ela e o governador Ronaldo Caiado (DEM) aplicaram nos salários de dezembro. Com a realização da grande reunião em frente à sede da Sefaz, no Setor Santa Genoveva, Schmidt saiu pela porta dos fundos, em carro descaracterizado para não ser reconhecida por servidores.

Lentidão: Iris demora mais de 8 meses para concluir reforma simples de viaduto da 85

Iris Rezende (MDB) segue perdendo a marca de grande administrador que conquistou em seus mandatos como governador e nas gestões anteriores como prefeito de Goiânia. A capital exibe uma profusão de obras paradas, que tornam ainda pior o já caótico trânsito da região metropolitana. Por outro lado, intervenções simples, como a troca do revestimento do complexo de viadutos da Avenida 85, que ele mesmo construiu, demoram meses para ficar prontas.