Não tem dinheiro para saúde nem para resolver os problemas graves de Goiânia, mas vereadores e prefeito Iris vão receber 13º salário e férias

Por decisão da Câmara de Goiânia, através de emenda à Lei Orgânica do Município promulgada pelo presidente da Casa, Andrey Azeredo (PMDB), os 35 vereadores, o prefeito Iris Rezende (PMDB) e todos os secretários municipais vão receber agora em dezembro o pagamento do 13º salário e abono de férias.

No caso da Câmara, o impacto financeiro do benefício extra será de R$ 507,5 mil, considerando que o subsídio do vereador é de R$ 14.535,90, por mês. De acordo com o organograma da prefeitura, existem 14 secretarias, cujos titulares serão beneficiados. Cada um deles recebe por mês R$ 13.967,17.

Já o subsídio do chefe do Executivo municipal é de R$ 24.209. A alteração ao texto da Lei Orgânica não relaciona o benefício a presidentes de agência e nem de autarquias e empresa públicas municipais.