Tejotinha age como se fosse o dono do PROS de Goiás

O deputado estadual e vice-governador eleito Lincoln Tejota provocou estarrecimento no próprio partido após as manifestações autoritárias sobre a condução do PROS, do qual é presidente estadual. Colegas de agremiação afirmam que Tejotinha age como se fosse o dono e não o dirigente da legenda.

A má impressão causou força depois que Tejotinha afirmou não reconhecer a vitória do vereador Romário Policarpo na eleição para a mesa diretora da Câmara de Goiânia. Em conversas com aliados, o vice-governador eleito disse que não foi consultado pelo presidente eleito sobre a candidatura, mas a Policarpo Tejotinha disse que não entraria na disputa por determinação do senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM).

“Esse vereador veio partido através de mim, não me procurou para pedir o meu apoio, não conversou com o (vereador) Tiãozinho (Porto), eu não tenho compromisso com quem não conversou comigo, o vereador Tiãozinho fez da mesma forma e a minha esposa (a vereadora Priscilla Tejota) da mesma forma”, afirmou Lincoln e vídeo distribuído entre apoiadores.