Exclusivo: venda do Grupo Jaime Câmara volta a ser negociada e pode se concretizar até fevereiro de 2019

O vaivém da venda do Grupo Jaime Câmara voltou à tona novamente, depois do recente anúncio do chefão do conglomerado Jaime Câmara Júnior. Na verdade, o negócio, que já estava selado e compromissado para ser concretizado em janeiro ruiu por causa de um problema de indisponibilidade de bens de um dos sócios do GJC.

Por isso, o Grupo Zarhan deu um passo atrás. Porém, nunca desistiu totalmente da aquisição.

No momento, o status da transação está parado, mas a família Zarhan, que domina a comunicação, continua “interessadíssima” na transação e os Câmaras “desesperados” para efetivar a venda.

Nos bastidores, a aposta é que em fevereiro a milionária operação seja processada.