Nova Câmara: confira quem votou para derrubar o IPTU abusivo de Iris. Veja quais os vereadores que fugiram da sessão

Por 20 votos a zero, o plenário da Câmara de Goiânia impediu nesta terça-feira (15) o prefeito Iris Rezende (MDB) de aumentar o valor do ITU e do IPTU de 2019. O veto do emedebista que mantinha a cobrança foi apreciado em sessão extra, autoconvocada pelo novo presidente da Casa, Romário Policarpo (PROS).

Para derrubar o aumento, eram necessários no mínimo 20 votos. Confira quem votou para impedir o aumento – Policarpo defendeu a derrubada do veto, mas seu voto não está registrado porque o presidente do Legislativo é voto de minerva, ou seja, só se manifesta para decidir votação.

Vereadores que votaram pela derrubada do aumento do ITU e do IPTU:

Alysson Lima (PRB)
Anderson Bokão (DC)
Cabo Senna (PRP)
Delegado Eduardo Prado
Dr. Paulo Daher (DEM)
Dra. Cristina (PSDB)
Emilson Pereira (Podemos)
Felisberto Tavares (PR)
Gustavo Cruvinel (PV)
Jair Diamantino (DC)
Juarez Lopes (PRTB)
Leia Klebia (PSC)
Lucas Kitão (PSL)
Milton Mercez (PRP)
Paulinho Graus (PDT)
Paulo Magalhães (PSD)
Priscilla Tejota (PSD)
Rogério Cruz (PRB)
Sabrina Garcez (PTB)
Tatiana Lemos (PCdoB)

Vereadores ausentes:

Andrey Azeredo (MDB)
Anselmo Pereira (PSDB)
Carlin Café (PPS)
Clécio Alves (MDB)
Elias Vaz (PSB)
Izídio Alves (PR)
Kleybe Morais (DC)
Oséias Varão (PSB)
Sargento Novandir (Podemos)
Tiãozinho Porto (PROS)
Vinícius Cirqueira (PROS)
Welington Peixoto (MDB)
Zander Fábio (Patriota)