Na Record, Kajuru afirma que parcelar salários de dezembro seria “primeiro grande erro de Caiado”

Na entrevista à Record TV Goiás em que voltou a defender o pagamento imediato dos salários de dezembro do funcionalismo estadual, o senador eleito Jorge Kajuru disse que, apesar das recomendações da supersecretária Cristiane Schmidt (Economia) no sentido contrário, prefere acreditar que “o governador Ronaldo Caiado vai pagar logo a folha e sem parcelamento”. “Seria um primeiro erro gravíssimo do governador Ronaldo Caiado, um erro gravíssimo que, acredito eu, ele não vai cometer”, disse Kajuru ao apresentador Oloares Ferreira.

“O governador tem que entender que é um absurdo a proposta da secretária de parcelar os salários, porque ninguém trabalha parceladamente”, disse o senador eleito, na entrevista. “Ela é fraca, despreparada e negativista”, disse Kajuru, ao avaliar o trabalho da supersecretária. Kajuru também condenou o caderninho de fiado proposto por Caiado como “medida emergencial” a ser adotada em parceria com os prefeitos, que ele encarregou pelo aval no comércio. “É uma piada, isso virou chacota na internet”, disse o senador eleito.

Oloares, por sua vez, fez menção à onda de críticas a Caiado por conta do calote, e disse: “Tem gente dizendo que já está com saudades do (ex-governador) Marconi Perillo”.