Nas redes sociais, servidores sem salários apresentam nova moeda de Caiado para o funcionalismo: “Sem reais”

O bom humor continua sendo a principal forma de combate dos servidores públicos estaduais contra o calote de Ronaldo Caiado (DEM) nos salários de dezembro. Circula nas redes sociais nesta terça-feira a nova moeda criada pelo governador para o funcionalismo: a nota de “sem reais”.

A forma de protesto é inteligente e sutil. Nela, feita sobre uma nota de 100 reais da primeira família da moeda brasileira, o rosto de Caiado substitui a efígie da República. A imagem da cédula começou a circular depois que o governador anunciou que renunciará o próprio salário até que conclua o pagamento de dezembro.

Caiado insiste em pagar os atrasados em cinco etapas, dos menores para os maiores salários, de março a julho. As entidades de servidores rejeitaram a proposta e exigem o pagamento imediato de dezembro, com a reprogramação de fevereiro, já que os salários de janeiro já estão sendo pagos.