Aturdido com a derrota humilhante na Assembleia, Caiado corre a Brasília para assistir a vitória de Rodrigo Maia e se curar da surra

Aturdido com a fragorosa derrota na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa, o governador Ronaldo Caiado (DEM) correu a Brasília para puxar o saco do presidente reeleito da Câmara dos Deputados, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Caiado chegou ao plenário instantes antes do final da votação para a escolha do presidente da Câmara Federal. Com a proclamação do resultado, Maia foi cercado pelos parlamentares e Caiado sequer conseguiu se aproximar para cumprimentar o presidente reeleito da Casa.

A fuga para Brasília deve ter sido pensada por Caiado como um refresco para o fiasco que viveu nesta sexta-feira em Goiás. Com a proposta de uma Assembleia independente, mas sem radicalismos, o deputado estadual Lissauer Vieira (PSB) se elegeu presidente com os votos de 37 parlamantares.

Uma vitória esmagadora sobre Caiado.

Enviado do meu iPhone