Lissauer assina ordem serviço para retomada das obras da nova sede da Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), assina nesta quinta-feira, 14, ordem de serviço para a retomada das obras da nova sede do Parlamento goiano. O contrato com a vencedora do processo licitatório, Jota Ele Construções Civis, havia sido assinado pelo ex-presidente José Vitti na véspera do término da 18ª Legislatura, em 30 de janeiro passado. A assinatura acontecerá às 10 horas, no Auditório Costa Lima. 

Lissauer Vieira disse que houve empenho das duas gestões que antecederam a sua em relação à revisão contratual e a elaboração o processo licitatório. De acordo com ele, a assinatura da ordem de serviço autoriza o início da execução do contrato e a retomada das obras da nova sede. “As gestões dos deputados Helio de Sousa (PSDB) e José Vitti (PSDB) conseguiram fazer todo os trâmites do projeto arquitetônico e de engenharia. O contrato já está assinado. Vamos assinar a ordem de serviço para dar início às obras”, afirmou.  

O Palácio Alfredo Nasser, atual sede do Legislativo, não atende as necessidades do Parlamento. Localizado em área de preservação ambiental, no Bosque dos Buritis, o prédio já foi, inclusive, doado para a prefeitura de Goiânia. Segundo Lissauer, sua gestão vai procurar economizar ao máximo para ampliar os recursos do Fundo Estadual de Modernização da Assembleia Legislativa para finalizar a obra em tempo recorde.  

A construtora Jota Ele apresentou a melhor oferta para a conclusão das obras, no valor de R$ 114.287.101,74, e foi declarada a vencedora do certame após a análise dos critérios estabelecidos no Edital Concorrência nº 01/18, elaborado pela Comissão de Licitação do Parlamento. Com o resultado do processo licitatório, a Assembleia Legislativa obteve uma economia da ordem de R$ 22.803.014,22 em relação ao teto previsto para a conclusão das obras, que era de R$ 137.090.115,96.