Protesto contra cortes na UEG: “Caiado trouxe mais desgosto que meu ex”, diz manifestante

O protesto de alunos e professores da UEG (Universidade Estadual de Goiás) contra a tesourada aplicada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) no orçamento da instituição é marcado por críticas pesadas e também muito bom humor.

Uma das manifestantes afirma: “Caiado trouxe mais desgosto que meu ex”. “Corta só no cenário, não no salário”, diz outra integrante do protesto, numa referência à redução de privilégios na administração direta estadual. “Caiado não paga porque não sabe o valor”, afirma um jovem que critica o calote dos salários de dezembro.