Protesto na UEG: “Aluno sem bolsa é aluno com fome”

Os protestos de alunos e professores da UEG contra os cortes no orçamento da instituição promovidos pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) condenam a redução dos recursos destinados às bolsas de pesquisa e pós-graduação, ampliadas no último mandato do governador Marconi Perillo (PSDB, 2015-2018).

“Aluno sem bolsa é aluno com fome”, afirmam faixas carregadas pelos manifestantes.
“Caiado, chega de cortes na Educação”, dizem os cartazes. “Paguem nossos professores”, cobram os estudantes, em referência ao calote dos salários de dezembro. “Educação não é opção, é obrigação”, afirmam os manifestantes.